RSS

“Um Homem com um Garfo numa Terra de Sopas” de Jordi Sierra i Fabra

Capa

Contra-Capa

Acerca do Autor do livro “Um Homem com um Garfo numa Terra de Sopas”……..

Jordi Sierra i Fabra nasceu em Barcelona a 26 de Julho de 1947 ) é um escritor espanhol , notável pela variedade de temas e de registos na sua narrativa, abordando todos os gêneros, e reflete como nenhum outro, o castelhano falado em áreas de Catalão. Nos últimos 25 anos suas obras de literatura infantil foram publicados na Espanha e América Latina.

Aos 8 anos já manifesta vocação literária, aos 12 escreveu o seu primeiro romance de 500 páginas.

Abandona os estudos de arquitetura em 1970, para poder trabalhar como comentador musical e diretor do semanário Disco Express, em Barcelona. Viaja pelo mundo na companhia de bandas musicais e o primeiro livro publicado,  História da Música Pop (1972), é a primeira obra do género editada em Espanha e um significativo sucesso de vendas.

No ano de 76 desliga-se das várias revistas musicais em que trabalhou para se dedicar com exclusividade à literatura e à outra grande paixão, as viagens.

Os anos oitenta marcam o início dos primeiros Ciclos de Conferências do escritor. Os seus livros para a infância e juventude são um enorme sucesso literário e em 1991 ganha pela terceira vez em 10 anos, o Prémio Gran Angular de literatura. Os romances “O Regresso de Johnny Pickup” e “El Tiempo del Olvido”. Nesse mesmo ano, o escritor vence o Prémio Joaquim Ruyra da literatura juvenil.

Em 2004 supera os 7 milhões de livros vendidos só em Espanha e segundo dados oficiais é o autor juvenil mais solicitado e lido nas Bibliotecas desse país. São criadas duas fundações com o nome do autor, uma em Espanha – Barcelona – e a outra na Colúmbia – Medelin – que tem como objetivo ajudar os jovens escritores. Com mais de duas centenas de livros e de 30 prémios literários, em 2006 falou-se pela primeira vez no Prémio Literário Jordi i Fabri.”

http://es.wikipedia.org/wiki/Jordi_Sierra_i_Fabra

http://img01.lavanguardia.com/2011/11/14/Jordi-Sierra-i-Fabra_54238134097_53389389549_600_396.jpg

A minha opinião acerca do livro “Um Homem com um Garfo numa Terra de Sopas”……..

Esta obra no meu ponto de vista está bem construída, aconselho a sua leitura sem qualquer hesitação, claro se for o estilo de literatura que desperte prazer ao leitor quando está a ler, que foi o que o meu caso. Este é um livro, com um vocabulário acessível, mas têm uma mensagem bastante interessante no meu ponto de vista.

Eu achei esta obra muito interessante, foi um livro que me cativou até a última palavra, estava sempre á espera para saber o que se passaria a seguir, tive vontade de descobrir tudo. Esta obra é constituída por muita acção, na qual o autor pretende cativar o máximo de atenção possível do leitor, uma vez que nós leitores fica-mos muito ansiosos para conseguir responder à pergunta feita por Chema, o que faz um homem com um garfo numa terra de sopas?”. Esta história comprova-nos, que quando se gosta muito de uma pessoa, um familiar, neste caso, é muito forte verificamos que somos capazes de fazer tudo por ela. Foi o que aconteceu com Issac, que fez de tudo para conseguir concretizar o último desejo do seu irmão Chema. Nesta história está presente uma grande ligação de irmãos difícil de destruir, a morte de Chema apenas afastou-os não os separou.

Quando descobri a resposta á pergunta de Chema achei muito interessante e emocionante.

Excerto:

 «- Já sei o que faz um homem com um garfo numa terra de sopas, Chema – murmurou com algo mais do que terna amargura – É tão simples que me parece ridículo, mas suponho que todas as grandes verdades são simples – olhou fixamente a lápide e acabou por dizer: – um homem com um garfo numa terra de sopas, bebe e come com as mãos, porque o garfo não lhe serve para nada, nem nunca lhe irá servir. E essas mãos são tudo o que tem, da mesma maneira que o ser humano na vida apenas tem a sua honestidade para a viver. Há muitas terras cheias de sopas, carregadas de cores, convidando-te com cantos de sereias, oportunidades, êxitos, luxos…mas a única colher para apurar a existência reside em nós mesmos. Mãos e coração. Não te esquecerei, prometo-te.» (retirado do livro)

Para saber mais …

“Eu vejo a criança em sofrimento como o meu pai. E o resto do mundo é o abutre.”

Megan, Filha de Kevin Carter, comentando a fotografia tirada pelo Pai

Criança Sudanesa fotografada por Kevin Carter

Essa fotografia foi tirada pelo fotógrafo sul-africano Kevin Carter (Johannesburg, 13 de setembro de 1960 – Johannesburg, 27 de julho de 1994). A premiada e polêmica imagem retrata uma das mais controversas situações dos últimos tempos no jornalismo mundial. De um lado, um jovem profissional, em mais um dia comum de trabalho; de outro, a moral que condena a atitude do fotógrafo em não ajudar a salvar uma vida humana. Segundo contou depois ao ser questionado, ele teria aguardado alguns minutos na expectativa que a ave abrisse as asas, tirado a foto e espantado o abutre.

A foto foi vendida ao The New York Times e recebeu Prémio Pulitzer. No entanto, dois meses após receber o prêmio, pouco mais de um ano após a fotografia, Carter, deprimido e em conflito com a realidade, suicida-se, deixando uma nota:

  • “Estou deprimido, sem telefone, sem dinheiro para pagar a renda, sem dinheiro para ajudar ao sustento da minha criança, sem dinheiro para pagar as dívidas, sem dinheiro! Sou assombrado pelas vívidas memórias de mortes e cadáveres e raiva e dor, de crianças feridas e esfomeadas, de loucos que assassinam alegremente, alguns deles polícias (…). A dor de viver ultrapassa a alegria ao ponto em que esta deixa de existir.”

Kevin Carter

A ação do fotógrafo realmente determinou a morte da criança? João Silva, fotógrafo sul-africano de ascendência portuguesa que estava com Carter, relata que após a foto Kevin Carter “Acendeu um cigarro, falou com Deus, chorou. Depois disso ficou deprimido, dizia que só queria abraçar a filha.”

 http://www.historianews.org/2012/02/imagem-crianca-sudanesa-por-kevin.html

 

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

 
Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: